Terapia de Casal

A terapia de casal não tem como objetivo manter o casal junto a qualquer custo. O objetivo é cuidar dos indivíduos e da relação, mas se, para o bem-estar dos parceiros, a solução é o fim, que assim seja. No entanto, essa é uma decisão a ser tomada pelos pacientes, jamais pelo terapeuta.

Denise Miranda de Figueiredo, psicóloga e especialista em terapia de casais, explica que a terapia de casal é instrumento poderoso de ajuda em situações de mudanças, crises e/ou conflitos na vida dos casais. “O terapeuta atua como um mediador de discussões, conversas e questionamentos da vida conjugal, ampliando e trazendo novas possibilidades de conversa desses casais. Ao longo do processo, que pode ou não ter um tempo determinado, o casal tem a chance de reavaliar e ressignificar a relação,” explica Denise.

É importante entender quais são os motivos que fazem com que esses casais busquem essa mediação do especialista em casais. Geralmente, acontece em um momento em que ainda existe a vontade de seguir adiante na relação conjugal”, conta Marina.

Sendo assim, o Instituto do Casal elaborou 8 motivos que podem ser um sinal amarelo para procurar ajuda de especialistas. Confira:

1. Perda de admiração um pelo outro: Admirar um ao outro é muito importante em um relacionamento e é uma das bases de um casamento satisfatório. Quando começamos a perder essa admiração ou ainda quando ela se transforma em decepção é hora de entender o que pode estar acontecendo.

2. Falta de diálogo: Todo mundo sabe que conversar é fundamental para qualquer relacionamento amoroso. Perder o interesse em conversar ou em ouvir o parceiro (a) pode indicar que é preciso refletir sobre a relação, o momento que tem vivido e buscar compreender que mudanças têm ocorrido nesta relação e como resgatar o diálogo.

3. Perda da intimidade: Intimidade não está ligada apenas ao sexo como muitas pessoas imaginam. Ser íntimo de alguém é conhecê-lo profundamente, saber de suas alegrias e tristezas, compartilhar os bons e maus momentos, compreender com um olhar o que outro está sentindo. Muitas situações da vida podem fazer com que os casais percam essa “intimidade”, o que afeta diretamente a qualidade do relacionamento. Mas, é possível resgatar a intimidade se houver desejo para isso.

4. Projetos ou desejos diferentes: Geralmente casais satisfeitos têm projetos ou sonhos em comum, embora possam ter seus objetivos individuais. Entretanto, quando não há nenhum projeto em comum e quando cada um quer coisas muito diferentes, pode surgir um conflito significativo e às vezes a sensação de distanciamento entre o casal.

5. Chegada de um filho não planejado: A chegada de um filho na relação por si só já é algo que necessita de ajustes. Quando é inesperada, ou seja, não planejada, esse casal pode passar por momentos conturbados e a terapia de casal pode ser uma grande aliada para ajudá-los a lidar com as mudanças que acontecem na conjugalidade com a chegada dos filhos.

6. Questões sexuais: O sexo é um dos fatores que mais aparecem como a causa para procurar ajuda especializada. Deixar de sentir desejo sexual pelo (a) parceiro (a) é algo muito comum e pode estar ligado a várias questões, como estresse, excesso de trabalho, problemas financeiros, etc., sendo a terapia de casal um recurso importante para se compreender e resgatar satisfação sexual no casamento.

7. Excesso de críticas: Todos temos defeitos e qualidades. Mas, se algo não está bem na relação, a tendência é ter menos tolerância aos defeitos do outro. Pequenas coisas se tornam grandes conflitos e o discurso se torna crítico em relação ao outro. Sinal vermelho para pedir ajuda e rever a forma com que tem se relacionado com seu parceiro (a).

8. Brigas e desentendimentos constantes: Conflitos fazem parte de qualquer relacionamento humano. Entretanto, como tudo na vida, é preciso um equilíbrio entre tempos de paz e tempos de “guerra”. Quando os casais brigam em excesso e qualquer motivo é pauta para uma discussão, talvez seja hora de procurar ajuda. Para as psicólogas, cada casal constrói sua relação a sua maneira. A felicidade é singular e subjetiva, cada um a sente de uma maneira. Porém, se você se identificou com algum motivo da lista acima, não sinta vergonha de procurar um especialista que possa ajudar a melhorar o seu relacionamento.

Fonte: https://www.institutodocasal.com.br/2017/01/8-motivos-para-fazer-terapia-de-casal/

Como se dar as sessões de terapia de casal? Alguns terapeutas estipulam um número exato de sessões para o casal realizar. Outros trabalham de forma que tudo depende do percurso dos encontros. Depende da linha seguida pelo profissional, é essencial se informar antes para não se frustrar.

Deve-se lembrar que alguns terapeutas faz algumas sessões separadas à princípio e só depois, faz o enfrentamento. Tudo vai depender do acordo feito entre o casal com o Psicólogo nas sessões terapêuticas.

Terapia de Casal

Deixe uma resposta

Rolar para o topo